Editorial 

Abril em Portugal rima com liberdade, democracia e desenvolvimento.

Por todo o país, no dia 25 organizam-se atividades evocativas da bonita madrugada desse dia de abril do ano de 1974.

Celebrámos o 44º aniversário e a Guarda teve também o seu cartaz para o qual a Junta de Freguesia deixou o seu contributo com a lembrança de dois cidadãos, ex- autarcas que serviram a cidade em momentos distintos.

Um, em tempo de ditadura, foi responsável pela fixação das indústrias lusitanas Renault na Guarda-gare; o outro foi presidente da ex-Freguesia de S. Vicente.

Referimo-nos respetivamente a Joaquim Pina Gomes, presidente da Câmara Municipal na década de 50/60 do século XX, cuja placa foi descerrada no jardim localizado frente às instalações onde outrora laborou a linha de montagem de centenas de milhares de viaturas Renault.

Em relação a Manuel Cerdeira, o seu nome ficou associado ao parque/fonte interativa contígua à R. Almirante Gago Coutinho.

Prestámos o nosso contributo a este desiderato, deixámos às famílias justo reconhecimento pela entrega à causa pública e aos feitos materializados para a transformação cívico-cultural da nossa cidade.

Ficámos sensibilizados pela boa colaboração dos familiares e muito gratos estamos pela oportunidade concedida nesta boa fórmula de celebrar Abril.



















Notícias/Eventos


Iniciámos no passado dia 22 de abril o programa “Caminhe com a Freguesia, pela sua saúde”.

A edição do ano em curso contempla a realização de 4 caminhadas com uma média de 12 a 15 Kms cada.

Os três primeiros percursos vão realizar-se na área administrativa da Freguesia e o último vai decorrer em pleno Parque Natural da Serra da Estrela.

Inscreva-se, partilhe esta iniciativa e venha passear connosco.

A partida das três primeiras caminhadas vai ocorrer sempre na Torre de Menagem e a última tem saída da Central de Camionagem.

Reveja aqui as fotografias da primeira caminhada entre a Guarda e a Quintazinha do Mouratão e aceda também à informação alusiva às próximas caminhadas.






































Assembleia de Freguesia

 

Em abril, decorreu a primeira sessão ordinária da Assembleia de Freguesia da Guarda no ano de 2018.

Esta sessão é sempre muito importante porquanto foi apreciada e votada a execução económico-financeira do ano de 2017 que mereceu a aprovação maioritária dos 19 membros presentes na sessão.

Foram ainda aprovadas duas moções, uma relativa ao 25 de abril e outra de consternação e elogio à obra deixada pelo Sr. Bispo D. António dos Santos que pereceu recentemente.

Os trabalhos prolongaram-se por um período de quase quatro horas de duração, com intervenções protagonizadas pela quase maioria dos dezanove eleitos que apresentaram temas muito diversos como sejam os transportes públicos, alusão à participação da Junta de Freguesia no desfile do Carnaval, à Guarda Cidade Capital da Cultura, ao XVI Congresso da ANAFRE, à obra da ETAR do Torrão, etc.

Registou-se ainda a presença de algum público e um dos cidadãos, ex-membro da Assembleia de Freguesia, Honorato Robalo, apresentou os seus contributos, afirmando a sua preocupação com a recolha de resíduos sólidos e orgânicos, questionou a Junta sobre a utilização das instalações da ex-Delphi e deixou a sua apreciação politica em relação à matriz reivindicativa das Juntas de Freguesia.

Consulte aqui a documentação desta Assembleia de Freguesia e veja algumas fotografias captadas no decurso dos trabalhos.







































Trabalhos

 

Apesar da redução de recursos humanos - 8 que terminaram a 31/3 os contratos no âmbito de programas ocupacionais -, nas semanas 14, 15, 16 e 17 concluímos a limpeza e corte de vegetação em caminhos do Carapito, Rio Diz, no Cabroeiro, nas Barreiras (acesso a residências), nas Covas (acesso pedonal à EB 2,3) e na Catraia dos Galegos. Nos caminhos mais circulados tivemos de contratar uma niveladora e um cilindro para além do transporte adequado ao touvenam, cedido pela CIMPOR.

Concluímos ainda a limpeza urbana em Alfarazes, no Carapito, na Quintãzinha e no Monte Barro; nestas duas localidades foi dada especial atenção ao parque de merendas e ao desbaste de árvores no largo da igreja, respetivamente.

Iniciamos o trabalho de asseio urbano na zona da Av. da Estação, R. da Veiga e Urbanização de S. Miguel.

Começamos também a recolha de pedras e corte da vegetação em terrenos da Freguesia, no Noéme de Cima e de Baixo: tarefa que vai sendo desenvolvida na medida das disponibilidades.

Prestámos a colaboração pedida pelas Escolas, nomeadamente na limpeza dos logradouros, poda de árvores e arbustos, na EB1 da Póvoa e no JI de Alfarazes; e, transportámos equipamento escolar da EB2,3 de S. Miguel.

Em colaboração com a Casa da Sagrada Família iniciámos uma obra que vai estar em execução provavelmente até meados de Junho; pois, implica a construção de dois telheiros, um para viaturas e outro com forno, grelhador e bancas de apoio…