Veja aqui o vídeo:

Editorial
 

Realizou-se a 22 e 23 de setembro a IV Edição da Feira Farta

Os dois dias correspondentes ao decurso da Feira Farta traduzem muito bem a verdadeira dimensão de um dos vários “F’s” de que a Guarda se apropriou. A Guarda é Farta.

Mas outros “F’s” podem e devem também associar-se a esta importante marca para o nosso concelho: o “F” de Freguesia, o “F” de família, o “F” da festa, o “F” da fraternidade! Trata-se pois de uma belíssima iniciativa que está a fazer o seu percurso mas que representa já para todos os que participam uma excelente jornada de convívio, reconhecimento pelo que é apresentado e claramente uma mais-valia económica e social para todo o concelho, na vertente rural e urbana.

É um claro e forte estímulo à pequena ou mesmo microprodução para o consumo local e/ou para o circuito económico.

A Feira Farta é uma verdadeira montra de tudo quanto as terras e as mãos dos nossos concidadãos conseguem realizar e, por vezes, em condições muito adversas.

Trata-se de um momento de grande interligação entre os cidadãos de todo o concelho e depois com toda a hospitalidade reconhecida acolhemos igualmente os que por esta altura nos visitam para apreciar, degustar e adquirir as boas iguarias apresentadas nas mais de 4 dezenas de stands e 1 dezena de áreas de restauração.

Desde a primeira edição que a Freguesia da Guarda continua entusiasticamente a aderir à Feira Farta, dando oportunidade a vários produtores locais, à horta comunitária e aos fornos comunitários, mostrar e vender o resultado do seu trabalho e do seu conhecimento.

Assim aconteceu nesta quarta edição onde tivemos cerca de uma dúzia de produtores.

Mais área disponível, também mais e melhor resposta daríamos aos cidadãos interessados em testarem a venda de produtos resultantes da sua produção.

Venha pois a quinta edição da Feira Farta































Trabalhos

 

Setembro é o mês do início do ano letivo, tornando prioritária a tarefa de conclusão da limpeza dos logradouros dos estabelecimentos de ensino: na Escola Secundária da Sé, nas EB 2,3 da Sequeira e de São Miguel, nas EB1 do Espírito Santo, Augusto Gil, Santa Zita, Bermudes e Guarda Gare, completando a intervenção incrementada em agosto na rede pública do 1º CEB e dos JI.

Procedemos ainda ao corte da vegetação e limpeza: nas Urbanizações dos Castelos Velhos e da Corredoura, em alguns dos seus taludes, em Alfarazes, na Rasa e nos caminhos próximos, na zona da Corte do Cavalo, da Catraia dos Galegos, da Pocariça, nos Bairros da Luz e da Srª dos Remédios, particularmente o seu ringue polivalente, nas ruas do Repouso, 5 de Outubro, da Ferrinha e da Veiga.

Prestamos ainda esse apoio à Associação Guarda Basket, limpando o terreno de que são detentores: uma área apreciável para a construção da respetiva sede e pavilhão.

Como fazemos à segunda-feira, recolhemos os “monos” e os “verdes.

Também semanalmente regamos, entre outros cuidados como cortar ervas daninhas, no talhão da horta e nos pomares da Freguesia.

Reparamos a conduta de água que provém de uma nascente e abastece chafarizes da localidade de Monte Barro.

A preparação da Feira Farta(realizar adereços, transportar materiais, decorar o stand, participar na Feira e, no seu fim, desmontar e arrumar todos os materiais que poderão ser reutilizados) foi outra grande ocupação destas semanas 36, 37, 38 e 39.





























Assembleia de Freguesia

 

O mês de setembro corresponde à realização da terceira sessão ordinária das Assembleias de Freguesia (AF) que devem ser realizadas neste mês em todas as Freguesias portuguesas.

No passado dia 27 reuniu no local habitual a Assembleia de Freguesia da Guarda que, como sempre tem acontecido, teve a presença de praticamente todos os eleitos e, desta vez três deputados se fizeram substituir perfazendo um total de 19 membros.

A sessão de setembro foi principalmente reservada a intervenções alusivas a questões decorrentes da limpeza e asseio da Freguesia. Outras intervenções reforçaram alguma das iniciativas concretizadas; e, nesta sessão foi aprovado um voto de louvor ao cidadão David Rodrigues, pelo seu historial na prática do ciclismo e da sua recente e brilhante participação na volta a Portugal em bicicleta.

Foi ainda aprovado um voto de pesar e homenagem ao cidadão e médico Dr. Baeta de Campos pai da deputada na AF da Guarda, Adelaide Campos.

Aconselhamos, para mais informações, a rever os documentos  que foram enviados aos senhores deputados e onde se espelha um pouco do resumo da ação da Freguesia entre os meses de junho a setembro.































Notícias/Eventos

 

Com agrado a Junta de Freguesia cooperou e coorganizou com o movimento ”Esperança e Vida” o passeio à cidade de Guimarães.

Aconteceu no dia 13 de setembro com a partida agendada para as 7 horas e o regresso foi às 21 horas.

Participaram cerca de 52 pessoas que puderam visitar e conhecer alguns dos pormenores mais importantes da história e do património da “cidade berço”.

Há que registar a simpatia, a cordialidade, o conhecimento e a disponibilidade evidenciada pelos técnicos da Câmara Municipal Vimaranense nomeadamente o Dr. Francisco que esteve sempre acessível antes e durante o dia da visita. Foram todos inexcedíveis no apoio prestado à comitiva guardense e naturalmente com satisfação a Junta de Freguesia (JF) penhoradamente agradece a amabilidade patente.

Depois o local onde foi servido o almoço – Restaurante Fentelhos - demonstrou uma perfeita aliança entre o bem servir e a melhor confeção.

Referimo-nos aqui a esta iniciativa com estímulo a outras organizações similares para que possam promover ações desta e de outra índole e dirijam-se à JF para que, no que podermos, prestarmos a colaboração possível.

Uma palavra maior de agradecimento às principais responsáveis do movimento “Esperança e Vida” pelo empenho que colocaram nesta organização. Venham pois com outras iniciativas que mobilizem o são convívio entre as participantes.