Editorial


Dois importantes momentos para a Freguesia da Guarda foram concretizados no decurso do mês de julho.
Aqueles dois momentos corresponderam à assinatura de dois protocolos em que Junta de Freguesia se co-responsabiliza pelo desenvolvimento e concretização de uma obra e de um projeto no âmbito da economia circular.
Um primeiro protocolo versou o “Acordo de Cooperação” assinado entre a Câmara Municipal e a Junta de Freguesia que evidencia o apoio financeiro da primeira entidade para as obras correspondentes à primeira fase das obras de ampliação do cemitério da Guarda-Gare.
O investimento total ronda os sessenta e cinco mil / setenta mil euros e o município presta um apoio financeiro de quarenta mil euros, para além do apoio técnico que irá disponibilizar no decurso da obra.
O segundo documento assinado reporta-se ao contrato de financiamento para a implementação do projeto “Guarda Sem Desperdício” no âmbito da candidatura ao programa “JUNTAR” ao qual a Freguesia candidatou uma proposta que mereceu a aprovação da entidade gestora.
O investimento a realizar é cerca de vinte e oito mil euros e o apoio do programa cifra-se em vinte e quatro mil euros.
A assinatura do contrato de financiamento decorreu em Lisboa na presença do Exmo. Senhor Ministro do Ambiente e do Secretário de Estado da Proteção Civil.
Pode conhecer aqui mais pormenores sobre o projeto que vamos agora operacionalizar entre os meses de setembro a novembro com a intenção de o prolongar no tempo.





































Notícias/Eventos


Importante protocolo entre a CMG e as Infraestruturas de Portugal foi assinado no passado dia 16 de julho na presença dos presidentes da CMG e das Infraestruturas de Portugal.
Este protocolo releva essencialmente e, desde logo, o esforço de concertação entre as duas entidades em causa e respetivos vereadores, técnicos e decisores políticos.
A Junta de Freguesia parabeniza todos os intervenientes neste importante protocolo que visa potenciar uma melhor ligação entre ferrovia e rodovia numa das áreas mais críticas da Guarda nomeadamente na Guarda-Gare.
Com este protocolo vai finalmente ser viabilizada a variante da Sequeira e a requalificação de vários arruamentos de acesso à gare ferroviária com especial referência e ênfase para a Avenida de São Miguel muito degradada.
Estamos cientes que a concretização de tudo o que foi mencionado na cerimónia vai garantir uma maior fluência de tráfego rodo-pedonal e conferir uma maior dignidade ao conjunto do aglomerado populacional que outrora completava a ex-freguesia de São Miguel.
É seguramente um investimento de superior importância para toda a cidade.
Após a assinatura do protocolo deslocámo-nos para o acesso a Maçainhas/Videmonte onde uma nova ponte e rotunda foram inaugurados, com a particularidade da rotunda constituir uma homenagem à indústria têxtil, muito forte em anos recuados nas Freguesias servidas pela nova e requalificada infraestrutura rodoviária.


































 Junta de Freguesia


Decorreu no dia 5 de julho o passeio direcionado para a população sénior, particularmente a que participa nas atividades que a Freguesia vai proporcionando ao longo dos últimos anos.
Este ano, 2017/2018, teve uma nova iniciativa: a Academia da Memória desenvolvida sob a orientação técnica da “Fundação São João de Deus” e “Cinco Sentidos”.
O passeio reuniu cerca de centena e meia de participantes e permitiu a visita às cidades de Aveiro e Ílhavo, nomeadamente uma deslocação nos barcos moliceiros, uma visita ao Museu Marítimo de Ílhavo e Museu da Vista Alegre.
Saiu-se da Guarda por volta das 7 horas, em 4 autocarros e chegámos novamente por volta das 20 horas.
Tanto quanto podemos observar e conversar os participantes mostraram-se satisfeitos com a forma como decorreu todo o passeio e a sua própria organização a cargo dos funcionários da Junta de Freguesia.
Pelo terceiro ano consecutivo realizámos esta iniciativa na qual cada um dos participantes suporta uma parte da despesa e à Freguesia compete suprir o que fica em falta.
No próximo setembro/outubro continuam em funcionamento os diversos ateliers e esperamos conseguir um alargamento da participação e das atividades disponibilizadas.
Obrigado a todos os que auxiliaram ao bom decurso do passeio sénior 2018.






































Trabalhos


Em julho planeamos os trabalhos do 2º semestre: associando-se este ao início do ano letivo e ao feriado de Todos os Santos, a Freguesia marcará presença nas Escolas e nos Cemitérios, não obstante a redução do número de pessoas a trabalhar. A 1ª fase da obra de alargamento do cemitério da Estação, iniciada este mês, terá também de acontecer até dezembro.
Assim, realizou-se já uma limpeza mais profunda nos cemitérios da Póvoa, da Estação e do Carapito.
Realizaram-se também uma série de trabalhos de apoio logístico às escolas e JI, para além do corte e limpeza da vegetação no logradouro da EB1 de Adães Bermudes.
Cooperámos com o Clube Equestre da Guarda, com a Academia Sénior, a Estudarte, a Fundação São João de Deus e o Gabinete “5 Sentidos". Emprestamos o forno da Sequeira à Associação Pitadas de Sorrisos, onde estiveram crianças a aprender a amassar o pão.
Após verificar o sistema de irrigação e dividir o terreno em parcelas idênticas, recomeçaram os trabalhos agrícolas nas Hortas da Guarda!

Houve o assentimento da Empresa responsável pela empreitada da linha da Beira-Baixa em transportar as pedras da eira dos Galegos actualmente no local da futura linha de comboio. Este trabalho foi realizado no final do mês de julho com a boa colaboração dos serviços de arqueologia da Câmara Municipal, para marcar as pedras que depois serão transportadas para outro local, junto à Casa do Povo da localidade.

Mas, as semanas (27, 28, 29 e 30) de julho continuaram marcadas pela limpeza urbana: na envolvente da Direcção de Viação e da Extensão do Centro de Saúde de São Miguel, na muralha da Porta do Sol, nas avenidas Francisco Sá Carneiro e da Corredoura, na Sequeira, na Póvoa, nos Bairros do Pinheiro e da Luz, nas Urbanizações das Covas e das Barreiras, numa parte da Rasa, na Guarda-gare, no caminho entre linhas e na rua da Ferrinha, em Alfarazes, Monte Barro e Quintazinha do Mouratão.