Editorial

Agosto, para além das férias, é também o mês do acolhimento dos nossos compatriotas emigrados que aproveitam este mês para uma visita aos familiares, um reencontro com a sua terra em retemperado período de férias. A Guarda teve um colorido bem diferente nos meses de verão. A par da presença dos muitos turistas e dos nossos compatriotas tivemos o programa VivaCidade que envolveu múltiplas atividades e muito protagonismo do comércio local que aqui se saúda.

Agosto é, por excelência, também o mês das férias, mas na Freguesia o movimento e a ação é uma constante e consegue-se manter o ritmo dos trabalhos mesmo que suscite algum atraso nas respostas face ao período de férias dos funcionários.

Notícias

Nos dias 08, 22 e 23 de agosto voltámos a apelar à solidariedade dos guardenses e daqueles que nos visitam por esta altura, com um grupo de dez voluntários, desenvolvendo uma campanha de recolha de alimentos em duas superfícies comerciais da nossa cidade com o intuito de melhor guarnecer a despensa da loja social “Mão Amiga". Um especial obrigado ao Clube de Natação da Guarda cujos jovens nadadores acompanharam a recolha de alimentos.(ver+)

Outro momento muito forte e na lógica da solidariedade foi a visita de um outro benemérito à freguesia que atribuiu um apoio pecuniário à área social. Para o senhor Jean Pina o nosso reconhecimento, agradecimento e a certeza de que daremos bom uso ao apoio disponibilizado. (ver+)

Eventos


Como já demos conta no Editorial, durante o mês de agosto a cidade pôde vivenciar a programação do VivaCidade: a dança, o teatro, as artes circenses, o cinema, os espetáculos multimédia, entre outras manifestações artísticas, saíram à rua, animando os transeuntes. (ver+)

Trabalhos

Não obstante o justo gozo do período de férias mantivemos a nossa presença por toda a freguesia.

Desde logo colaboramos com o programa VivaCidade, ornamentámos a rua Francisco de Passos (rua direita), prestámos apoio aos festejos da Povoa do Mileu, Alfarazes e Quintazinha do Mouratão seja procedendo à limpeza de vegetação agreste ou na logística das montagens de palcos ou outras infraestruturas. Para além do que, apenas conseguimos limpar o Caminho Rural do Cabroeiro e proceder a algum desbaste de vegetação na zona baixa da cidade. (ver+)

Iniciámos e manteremos até ao final de outubro a nossa preocupação em apresentar nas melhores condições possíveis os sete cemitérios da freguesia.

Realizaremos pequenas intervenções, procederemos ao desbaste da vegetação e, em 2015 o nosso foco interventivo vai situar-se no Cemitério do Carapito de São Salvador. (ver+)
Outra tarefa iniciada em agosto e que continuará no mês de setembro foi a limpeza dos estabelecimentos de ensino – jardins-de-infância e escolas do 1º ciclo – que iniciarão as suas atividades letivas nesse mês.
Iniciámos ainda a requalificação da sala multiusos, onde antes funcionou a sede de freguesia de São Vicente.
(ver+)

Atividades da Junta

Iniciámos em agosto, como já referimos, as obras de beneficiação da sala multiusos. É uma boa sala de formação, servindo também para outras atividades; mas, tem tido sérios problemas de infiltração de água e a pintura tem vindo a sofrer danos assinaláveis.

Entre os meses de agosto e setembro contamos ultrapassar estas questões e devolvermos a sala com melhores condições físicas para quem dela se quiser utilizar.

Estamos em crer que temos uma despesa avultada a concretizar mas, uma sala a devolver à comunidade em boas e melhores condições de utilização.


Com agrado também verificamos a continuação dos trabalhos nos rios Diz e Noéme no quadro da candidatura realizada pela freguesia e aprovada no âmbito do PRODER/ limpeza e manutenção das áreas ripícolas.

Estamos em crer que até ao final do ano ficarão concluídos os bons e importantes trabalhos que a empresa selecionada está a concretizar.